I LOVE YOUR STYLE NAMALIMBA COELHO

12:38 da tarde



Namalimba (Angola, 1976)
Trabalho no meio da Cultura e Arte 
sou uma Mulher e Mãe muito feliz: 
de kenzo (6 anos) e Jade (4 anos)


Sendo a moda, para mim, uma sintonia entre 
o ser, estar, pensar e agir, enquanto forma de 
expressão e de atitude e linguagem própria, 
tem que ser também uma síntese do que me inspira.. 

E confesso que o que me inspira não é tanto 
a moda no seu estado puro, mas sim referências 
e as imagens em torno do seu universo. 
Tenho uma relação muito instintiva com a moda, 
pelo que, apesar de consumidora de marcas 
e de publicações de moda, estas acrescentam-me, 
mas não me condicionam.









































Brinco N2 LES NEREIDES
Camisa ZARA
Camisola SFERA
Casaco LIDIJA KOLOVRAT
Calças ZARA
Collants UTREQUE
Sapatos FRED PERRY



Brinco N2 LES NEREIDES
Camisa PRADA
Gravata STORYTAILORS
Suspensórios H&M
Luvas de Berlim
Calças de Londres
Collants H&M
Botins MANGO



Fita FASHION CLINIC
Brinco N2 LES NEREIDES
Fio da mãe
Vestido LIDIJA KOLOVRAT
Casaco STORYTAILORS
Collants leopardo, 
Sapatos ZILIAN
costumizados com laços H&M



Turbante BEYOND RETRO
Brinco  N2 LES NEREIDES
Vestido A OUTRA FACE DA LUA
 Casaca ZARA
Collants H&M
Botins MANGO




O VIDEO

video





CURIOSIDADES


«Uso apenas um brinco, tenho 5 brincos de pérola na orelha esquerda e 3 furos na direita (2 pérolas e o outro furo para o brinco diferente (coleciono brincos com bailarinas).

Tenho 2 tatuagens (uma borboleta na omoplata, em homenagem á 'revelação' de cada pessoa, inspirada no processo da borboleta; e tenho outra no tornozelo - que conta a minha história de vida nos anos que vivi em Paris). 


Coleciono cartas de amor de desconhecidos, fotografias antigas que retratam a felicidade; diários, caixas de música, colares de pérolas, livros sobre religiões (talvez por ser ateia e por isso adorar a forma como cada religião defende a sua crença). 


Quando gosto de uma peça (roupa, acessórios, sapatos), sou capaz de comprar em 5 cores diferentes! 


Sou obesssiva-compulsiva com listas, detalhes, quantificações. 


Sou vicíada em observar pessoas em cada detalhe (conhecidos e desconhecidos), imaginando todo o enredo da sua história, rotinas, sonhos, gostos, pensamentos, tristezas e tudo o demais que me permita construir um puzzle imaginário em torno da sua identidade. 


Adoro o diálogo do antigo com o contemporâneo; mercados e feiras; adoro espreitar para dentro dos balcões das lojas e das janelas abertas nos prédios antigos; cinema que nos faz viajar por referências fora da nossa zona de conforto (culturamente e visualmente), a pele bronzeada e os sabores do verão porque traz-me recordações da minha infãncia em Africa. 


Adoro perder-me sem destino nas ruas, sou assumidamente urbana porque é assim que cruzamos situações e pessoas fora das nossas referências e de forma espontânea, adoro cheirar os livros.


Não gosto de silêncio, nem de sombra nem de sestas, nem de saltos altos! 


Sou viciada em batom para o cieiro e  em perfumes (associo a momentos e estados de espírito). 


Nunca uso aneis apesar de ter muitos e de continuar a comprar, principlamente antigos! 


Adoro gravatas, suspensórios, botões de punho e chapéus e boinas. Adoro tudo o que é vintage porque tem uma carga emocional e uma história história por imaginar..»
'We don't see things as they are, we see them as we are' by Anaïs Nin



REFERÊNCIAS

Media
Dentro das referências impressas, online e blogues,
não distingo porque cada vez mais todos os suportes 
e edições complementares, as minhas preferências 
nem sempre tratam puramente de moda.. mas têm 
a moda subjacente em qualquer imagem e conteúdo.
V Magazine, W Magazine, Vogue, Madame Figaro são o clássico.. e paralelamente..

(Pela transversalidade de conteúdos antes de me dedicar ao tema ‘Womens fashion’)

(Adoro a frescura, a diversidade de influências e de perspetivas do que partilham, e o paradoxo entre o passado com o contemporâneo)

(Adoro o conceito de momentos que se vão perder no tempo.. e é viciante clicar na opção ‘RANDOM’ sempre à espera do próximo momento….experimentem!)

http://www.nowness.com/day/2011/4/16/1377/janie-taylor-for-chlo 
Todos os vídeos são uma referência, mas este especialmente, pela música e coreografia pela prima Ballerina em Chloé :) sou capaz de o ver e rever continuamente, como se de uma caixa de música se tratasse (coleciono caixas de música e adoro bailarinas) e não posso deixar de referir..

Porque assumidamente o Zé não percebe, nem tem a pretensão de saber sobre moda, e em consequência, o que o seduz nas pessoas que fotografa é instintivo, espontâneo e genuíno, sem o olhar tendencioso de quem está no meio)

Mas não me limito a estas referências.. 
adoro o desafio de descobrir novas revistas, 
principalmente quando viajo adoro descobrir as revistas locais.


Inspiring
O meio da arte porque têm um estilo próprio aplicado em atitude própria, sem marcas ou rótulos. Não apenas os artistas, mas os que lidam com a arte como forma de ser e estar, porque na sua maioria procuram a diferença e conseguem, pelo instinto de moda que os leva a serem originais sem precisarem de se render às tendências porque às vezes até são eles que as criam.. é desta forma que me inspiro também no Museu onde trabalho..

o street style em geral - as pessoas do dia-a-dia, aleatoriamente e democraticamente, inspiram-me mais do que as pessoas do meio da moda (porque têm um estilo espontâneo, instintivo e democrático).
ex.Posso dar o exemplo de um dos meus rituais prediletos.. enquanto aguardo no sinal vermelho da Av. do Restelo, rendo-me a o momento de apreciar a indumentária das funcionárias e pessoas das repetivas nacionalidades, que aguardam a abertura das portas das embaixadas pelas 9h.. recordo a saia lápis conjugada com a camisa com laço branco de uma funcionária de um dos países de Leste, inspirou-me para para ir buscar a minha saia lápis 'pied de poule' com uma camisa preta de laço preto (que por acaso usei numa das fotos da produção). 
E o cinema dos anos 60 e 70.. as divas, o estilo e todo o registo visual é contagiante..



Icons
Mais do que marcas..identifico-me com coleções, mas nem sempre dos mesmo criadores. Mas se tivesse que escolher duas marcas.. CHLOÉ porque as coleções despertam o etéreo, poético e sublime e porque tem uma coerencia e uma identidade com a sua essência em qualquer uma das coleções apresentadas.. e Chanel porque consegue ser intemporal e reinventar-se e surpreender a cada estação, mantendo-se sempre fiel a um estilo único e reconhecível em qualquer uma das suas variantes...
Personalidades..Por serem personalidades incrivelmente magnéticas, únicas e inspiradoras no seu estilo, atitude e presença, elejo:

Côcô Chanel pela sua dimensão enigmática, audaz, genial, e com uma atitude que marcou a história da altura com a mesma intensidade que marcaria a de hoje. A determinação das suas respostas nesta entrevista de época dizem tudo sobre a genialidade e audácia: http://www.youtube.com/watch?v=EYxJ3Kf50Tw
Brigitte Bardot em todas as suas versões e estilos (fitas de cabelo, botas de cano alto; estilo Lolita, femme fatale; Vichy; Marinier; trench;http://www.youtube.com/watch?v=EKUsgpOEUL0 e gosto especialmente de BB no vídeo de ‘Bonnie and Clyde’ http://www.youtube.com/watch?v=dY9PY4r83p8&;list LPtUyz3jtlZrI&index=5 (1968)

Kiki de Montparnasse – A musa de Paris e dos surrealistas nos anos 20 http://www.youtube.com/watch?v=qWNvABRgL9o porque prova que estilo e atitude não dependem apenas de ‘moda /roupa’ mas sim de uma identidade própria que a torna única, genuína, memorável e distinta no seu género e atitude, e isso sim, é estilo.

Catherine Deneuve in Buñuel's 1967 masterpiece, "Belle de jour." http://www.youtube.com/watch?v=t4FITnYWtSA

Homens.. Napoléon Bonaparte e alguns dos embaixadores nas sessões plenárias das Nações Unidas..pela irresisitivel combinação entre inteligência e sentido de mundo, e tudo isso exteriorizado num estilo próprio.




PHOTO JOÃO BACELAR
Location Museu Coleção Berardo (junto das obras preferidas de Namalimba Coelho)




You Might Also Like

0 comentários

Com tecnologia do Blogger.

Get Awesome Stuff
in your inbox